Pesquisar
Close this search box.

Computação em Nuvem – O que é, Características, Serviços e Implementações

Computação em Nuvem
Continua após a publicidade..

A Computação em Nuvem é uma revolução tecnológica que transformou como indivíduos e empresas acessam, gerenciam e compartilham informações e recursos computacionais. O Dicas TOP detalha, neste artigo, o que é Computação em Nuvem, suas características essenciais, os diferentes tipos de serviços oferecidos e possíveis implementações. Você entenderá como essa tecnologia mudou como acessamos e compartilhamos informações e recursos.

Continua após a publicidade..

O que é Computação em Nuvem?

Em princípio, a Computação em Nuvem é um ambiente que oferece recursos e permite realizar serviços de qualquer lugar e a qualquer momento, acessando pela internet soluções computacionais como: armazenamento, aplicações, redes, servidores, e serviços. Vamos agora conhecer suas características essenciais.

Características Essenciais do modelo

1. Autosserviço sob Demanda: um dos pilares da Computação em Nuvem é a capacidade de o cliente de configurar recursos computacionais como servidores e redes de armazenamento, de maneira automática, sem depender de interação humana.

Continua após a publicidade..

2. Amplo Acesso pela Internet: os recursos computacionais estão disponíveis através da internet, acessíveis por diferentes dispositivos e equipamentos, tais como: desktops, estações de trabalho, laptops, smartphones, e tablets.

3. Rápida Elasticidade: a Computação em Nuvem permite que as capacidades dos recursos sejam facilmente aumentadas ou diminuídas conforme a demanda e perfil de uso das aplicações, garantindo uma utilização eficiente e redução de custos.

Continua após a publicidade..

4. Serviço Mensurado: os sistemas em nuvem controlam e otimizam a utilização de recursos automaticamente, sendo assim, permitem auditoria do uso dos recursos para maior transparência tanto para o fornecedor quanto para o cliente.

5. Pool de Recursos: os recursos do provedor de serviços em nuvem são disponibilizados para servir a diferentes categorias de clientes, seja por meio de um modelo exclusivo ou compartilhado, conforme a necessidade, abrangendo recursos físicos e virtuais.

Continua após a publicidade..

Tipos de Serviços de Computação em Nuvem

1. Infraestrutura como Serviço (IaaS): modelo que fornece a infraestrutura física e lógica de forma virtualizada na nuvem, com capacidades de hardware definidas (Armazenamento, Memória, Processamento) necessária, incluindo servidores, rede, bem como, permitindo a construção de ambientes sob demanda.

2. Plataforma como Serviço (PaaS): aqui, são oferecidas licenças de software, infraestrutura e tudo o necessário para desenvolver aplicativos ou sites. Nesse sentido, o usuário desenvolve aplicações em um ambiente completo, incluindo: sistema operacional, linguagem de programação e de banco de dados.

Continua após a publicidade..

3. Software como Serviço (SaaS): neste caso, o fornecedor do software é responsável por toda a infraestrutura necessária, enquanto o cliente utiliza o software via internet. Dessa forma, nessa modalidade, atualizações e manutenções são transparentes ao usuário.

4. Comunicação como Serviço (CaaS): essa modalidade fornece infraestrutura para comunicação em nuvem, incluindo VoIP, Teleconferências e Videoconferências, com foco no aumento da eficiência e baixo custo.

Continua após a publicidade..

5. Banco de Dados como Serviço (DBaaS): tipo de serviço que disponibiliza diversos tipos de bancos de dados (Simples, Orientado a Objetos, Relacional, entre outros) na nuvem, eliminando a preocupação com instalação e manutenção.

Diferentes cenários de implementação da Computação em Nuvem

1. Nuvem Pública: esse é o modelo mais comum, oferecido ao público, desde usuários individuais até grandes instituições. Desse modo, o que você precisa é conhecer o endereço público da nuvem para acessá-lo. Ainda assim, informação de acesso e senha é imprescindível para acessar a plataforma utilizada.

Continua após a publicidade..

2. Nuvem Privada: operam em um ambiente restrito, geralmente corporativo ou institucional, com acesso limitado a seus funcionários ou parceiros de negócios.

3. Nuvem Comunitária: infraestrutura compartilhada por várias instituições que possuem interesses e recursos em comum. Organizações envolvidas ou um terceiro gerenciam o ambiente internamente, ou remotamente às instituições.

Continua após a publicidade..

4. Nuvem Híbrida: associação de duas ou mais nuvens, sejam elas públicas, particulares ou comunitárias. Essas nuvens permanecem como entidades únicas, mas estão unidas por tecnologias padronizadas ou proprietárias que permitem a portabilidade de dados e aplicações.

A Computação em Nuvem é uma tecnologia que trouxe flexibilidade e eficiência para empresas e indivíduos em todo o mundo. Assim, suas características essenciais, combinadas com os serviços oferecidos e os possíveis panoramas de implementação, tornaram o modelo uma peça fundamental no cenário tecnológico atual. À medida que inovações continuam a moldar o seguimento, a Computação em Nuvem continuará a desempenhar um papel importantíssimo na forma como acessamos e utilizamos recursos computacionais. Ao passo que a tecnologia evolui, um futuro cada vez mais conectado e eficiente com a Computação em Nuvem se aproxima.

E você, imaginava o armazenamento de fotos ou arquivos na nuvem como únicos recursos possíveis? Que o modelo envolvia todos esses conceitos, ou ainda, que a tecnologia possuía a variedade de soluções e recursos apresentados nesse artigo? Deixe seu comentário!

Você também pode gostar:

Imagem: i2k2.com

Continua após a publicidade..